Visitas

sábado, 27 de novembro de 2010



 Lembro quando eu era uma aluna do cursinho, na reta final do ano, próximo à prova da primeira fase da Fuvest. Eu já me sentia muito mal com a minha aparência, mas ainda estava longe da paranóia atual. Trabalhava para juntar dinheiro para mudar o meu corpo, mas ainda era um sonho distante. Estudar ainda era mais importante. Eu sonhava em entrar no curso de História da USP, e meu professor dessa matéria havia se formado lá. Ele convidou aos alunos para participarem da Feira do Livro que acontece todo final de ano no prédio de História e Geografia da universidade, e garantia que os preços eram incrivelmente baixos. Livros com altos descontos - tudo o que eu mais adoro, e ainda em um lugar super especial. Resolvi que preferia conhecer o local quando fosse para eu ir estudar lá. Sabia que se eu fosse doeria mais se eu não pasasse aquele ano.
Quando eu passei e fui fazer a minha matrícula, foi muito mágico entrar lá pela primeira vez. Imaginei todos os meus ex-professores que tinham se formado ali e me perguntava se um dia poderia ser tão boa quanto eles.
Me senti anormalmente bem dentro do meu corpo nestes 2 últimos dias. Ontem fui bem-vestida e arrumada (ousei até colocar uma blusinha aberta na frente!!) ao último dia da Feira do Livro da USP, como aluna, e realmente os preços estavam incríveis. E olha que eu tenho desconto em livros pois trabalho numa livraria, logo é difícil eu achar um livro realmente barato. Eu estava vestida e maquiada como eu sempre quis ser, desde o Ensino Fundamental, estudando na que é considerada a melhor universidade do país (não que seja tão boa quanto dizem), no curso que eu sempre sonhei desde os meus 4 anos de idade. Respirei fundo e pensei "hoje eu sou quem eu sempre quis ser".
"O que significa que eu deveria estar me sentindo feliz, não é?"
 Respirei fundo novamente, tentando invocar uma sensação de felicidade e bem-estar com isso. Olhei para os lados. A universidade que eu queria, o curso que eu queria, e praticamente o corpo que eu queria. Amigas. Família. Trabalho legal.
"Devo me sentir feliz. Então por quê? Por que eu não consigo?"

8 comentários:

caah disse...

Talvez seja o que eu escuto muito, colocamos nossa felicidade materializada em alguma coisa e quando a conseguimos vemos q isso não nos traz felicidade e partimos em busca de outra coisa para tê-la. Eu tenho quase tudo o que eu gostaria de ter, mas ainda assim não me sinto feliz como deveria.

AHHHHHH, eu vi aquele seu comentário no meu blog só agora, sobre as minhas dores e sobre o comercial. concordo com mt do que vc falou :)

bjsss

Juliet disse...

oooi amiga,
olha como a cah disse, temos mania de materializar nossa felicidade em algo, e fazemos tudo para conseguir aquilo, e quando conseguimos parece que perdemos o rumo de nossas vidas, perdemos motivos pra ser feliz pra lutar, entendo o que esta passando :/
melhoras viu? beijos <3

Anna Dark disse...

OIee!! Flor... na boaa... axo q a gnt ñ deve sonhar d+, pq sempre acaba assim, com uam queda enormee!

Planeje o q vc qr, mas ñ cria expectativa d+... as coisas nunk são tão boas qnto a gnt imagina q é... manter os pés no chão é indispensavel...

Bjinhuss!!ForçaSempree!!

Jєѕѕ disse...

Logo vi que conhecia pela foto, Bellatrix.

To vendo que esta começando a melhorar, vc é linda e precisa conseguir enchergar isso.

Beijos.

bella. disse...

Õwn. Que bom que você se sentiu bem. Percebe como isso é bom? E é claro que você consegue se sentir feliz. Seja feliz! Queria poder estar assim.
Meu blog é novo amor, já estou te seguindo. Me siga também! Beijos

Ana Rafaela disse...

Eu tbm ja tive o sonho de cursar uma facul publica onde meus professores haviam se formado....e eu tbm consegui, foi incrivel...maravilhoso...foi um sonho realizado..e eu consegui me senti feliz ...mas depois aquilo vira rotinaa...e naum faz mas tanta diferença...surgem outros sonhoss...e a senssação q nunca será o suficiente...cá estou eu em outra facul publica tbm..e o pior mais infeliz..é estranho qndo conseguimos tudo q qremos...deixamos de valor...em coisas q até morreriamos para realizar...concursada..facull publica ...essa é minha vida...e nunca será o suficiente.
Tally ainda encontraremos nosso lugar neste mundo.

Esses dias vi tua foto cara, sinceramente pensei q fosse pior..flor vc naum é linda, mas tbm naum é feia..como eu imaginava...vc falava tanta coisa eu até pensei nosss essa garota deve ser um monstro...boba...distorção da auto-imagem....normal...eu descobri q eu naum era taum feia qndo comecei a reparar em mim minhas qlidades e conhecer qm eu realmente era.
Lógico q maquiagem ajuda e muito...kkkkk....é igual photoshop das revistas só beleza artificial.


espero q nunca desista dos teus sonhos..pq eu tbm jamais desistirei dos meus...cada sonho q realizamos...parece q nascem mais uns 20...entaum nunca será o suficiente.... entaum naum se sinta anormal por isso, pos acontece nas melhores familias.

Vamos viver a vida da forma q achamos q estaremos um pouco mais próximo da felicidade.

viva a nós mulheres persistente q tm um sonho e luta por ele.

ótimo final de semana.


bjo!!!te curto.




*_*

Sopadeborboleta♥ disse...

Força meu amor !!!!
bjos

Ramona disse...

Pode parecer mentira, falsidade, mas cada vez que leio um post seu, mais me identifico. Eu sou você há um tempo, quando você se matava no cursinho. Eu me mato no cursinho, pra entrar lá, na melhor faculdade da América Latina!
Não deixe de dar valor ao que tem por causa do que não tem. Aproveite o momento, vc está onde queria, com familia, amigos, isso vale muito! Agora, sempre tem aquelas coisinhas que desejamos, mas que são difíceis de conseguir... deixe-as pra lá um pouquinho. Sinta-se, feliz mesmo que por um instante!