Visitas

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Mudaram as estações, nada mudou


 Os dias de frio voltaram, com a melancolia que lhes é inerente. Me sinto novamente desolada e infeliz e percebo que, após toda essa jornada, na realidade nada mudou.
 Sinto como se estivesse desperdiçando esforços em uma tarefa fadada a ser infrutífera. Continuo tão lamentavelmente solitária quanto sempre fui, e receio que nunca deixarei de ser. Um homem me amou, mas ele daria um péssimo parceiro. Outros se aproximaram ou me elogiaram. Mas, essencialmente, a vida segue a mesma. Sem um namorado que me ame, sem a quantidade de parceiros que eu almejo. Não sou tão bela quanto gostaria nem tão bem vestida ou maquiada. Na verdade, não sou tão disciplinada quanto preciso, deve ser isso. Ou será que é algo pior e menos solúvel?
 O tempo está passando, a vida escorre com os grãos de areia por através da fina cintura da ampulheta, que caem, inexoravelmente, irreversivelmente. A minha morte pode ser daqui a poucos minutos, e o que eu terei deixado? Nada. O que eu terei vivido? Quase nenhuma boa lembrança. O que eu levarei comigo? Esta última nem me atrevo a tentar responder.
 Minha vida amorosa segue sendo um desastre. O cara que eu amo não quer saber de mim, mas neste momento prefiro a dor de não ser correspondida. Não quero, não consigo seguir em frente ainda. Eu tenho medo do dia em que amarei outro. Porque jurei que este foi o último cara por quem eu só chorei, que eu não alcancei... mas, e se eu voltar a amar e fracassar? Será que eu cresci em maturidade, e me tornei mais atraente? Será que eu o fiz o bastante para conseguir ser correspondida da próxima vez? E, mais importante, será que eu sou capaz de suportar mais uma decepção?
 Minha vida sexual segue lamentavelmente. Pornografia, masturbação... e nenhum homem. Só contando calorias, subindo à balança, tirando medidas, usando cosméticos, gastando com roupas, com sapatos, com maquiagem. Ainda tão longe do que preciso ter para ser considerda bonita. Estarei eu igualmente longe de conseguir um parceiro? Será que eu posso mesmo acreditar que a minha solidão terá um fim quando eu me olhar no espelho e gostar do que vejo? Ou será que nem isso resolverá?
 A solidão dói, o frio incomoda, a cama de solteira, os casais se beijando no shopping, os dedos sem aliança, as pessoas andando de mãos dadas no metrô, as mulheres belas passando, os colegas de trabalho comentando a última Playboy, a literatura falando sobre o amor, os dias de folga passados a sós. Tudo fere.
 Mas eu ainda não desisti.

6 comentários:

*Hurt butterfly;* disse...

Tbm estou passando por isso ;(
Mas nao podemos desistir!
Força. Beijos.

Ana Rafaela disse...

nem pode desistir, ter paciencia eh tudo, sair mais, e qndo menos esperar..acongtece.
leia livros, artigos sobre o assunto..como seduzir..videos de maquiagem, academia..etc....de tudo um pouco...e acima paciencia.
seja mais ousada, porém na medida.
queixo sempre erguido...uns drinkes pra se soltar as vezes ajuda...e nunca se sentir inferior a nenhuma outra rival ou concorrente....eu ja tive preconceito de mim mesma por ser negra...e sabe superei qndo me encontrei, o pior preconceito q qlqr um poderia ter...achava q nenhum homem olharia para mim, por eu ser negra acredita....mas superei.....kkkk.....e o meus ex e o atual...divinhaa....rsrsrs..... adoro o contraste, saum loiros um olhos verdes e outro azuis ....linduss....amiga acredite em si...vc eh mais.
mas um empurraumzinhuu sempre ajuda.....bjinhuu e se cuida.

Anne C. disse...

ooii flor, amei teu blog. escreves muito bem!
não se preocupe, a vida é cheia de fases, boas e ruins, por mais que as ruins talvez demorem a passar, são elas que nos fortalecem e sempre nos ensinam alguma coisa. tenha calma, logo tudo vai ficar bem. pode contar comigo
ah, to seguindo!
beijos :*

Tati Alves disse...

oie querida,linda postagem,obrigada pelo seu comentário no meu cantinho me ajudou muito,seja bem vinda nele,as vezes tenho vontade de mandar ela pra pqp,mais ela me ajuda e desabafo muito,já fui em psicologo muito tempo agora não tenho mais paciencia,to seguindo vc viu!bjo

Sopadeborboleta♥ disse...

Não desista =/

muita força

bjos'

PsicoAnna disse...

As vezes as coisas não acontecem como a gente queria. Pois quem acho que a gente tem que mudar por dentro tb, essa é a parte mais dificil. Vc fez o silicone, né? Como ficou, oq as pessoas que te conhecem falaram? Bjoss